Buscar
  • lucideznaalma

Na vida, muitas vezes a gente cansa.

Cansa de sentir dor, cansa de pessoas, relacionamentos, comidas e de viver. São várias as situações que levam a gente para essas frequências. Será que o problema está nos outros ou está em nós mesmos?

Se o outro te irrita, você já está irritável. Se você está magoado, ninguém te magoou, você já está magoado. O que tem dentro de você, que quando o outro fala ou faz, dentro de você te incomoda?

Me sinto sem a potência masculina, que quando um homem está ao nosso lado, ele proporciona. Beijos, abraços, carinhos, sexo, declarações de amor e alguém que seja um companheiro para a vida toda fazem falta.

Eu não posso me preencher com essas coisas. Eu posso me amar, me satisfazer em muitos aspectos, mas nesses eu não posso.

Todo mundo tem que sentir o amor, e só quem já sentiu sabe a sua magnitude. Ninguém pode viver sem amor, ele é a força mais propulsora do Universo. A frequência do amor, se fosse vivenciada por todos os seres humanos, traria profundas mudanças no planeta Terra.

A EVOLUÇÃO é o AMOR.



O amor tudo supera, mas somente quando os dois querem lutar por esse amor. Quando só um luta, não é possível fazer muita coisa.

Salvar um relacionamento é uma das coisas mais difíceis que existem, como dizem, “O amor não é para os fracos”.

Muitas pessoas confundem amor com apego. O amor é livre, mesmo na infelicidade do outro, a liberdade precisa existir para que a pessoa siga outros rumos.

Qualquer coisa diferente disso é apego. Apego a pessoa, a aquele sentimento, a aquela sensação, ao que esse alguém te proporcione. Isso não é amor.

O amor vai bem mais além, até do que o ser humano pode compreender. É o sentimento mais lindo, poderoso e nada tem a ver com conto de fadas, amor de cinema, novela ou mundo cor de rosa.

Amor é quando você fala a verdade acima de tudo, mesmo que doa. É dizer que tem um pedaço de salada no dente dela. É difícil! Muitos não estão dispostos, abertos para viver isso com alguém, ainda mais a vida inteira com uma única pessoa. Ao lado de alguém que tem defeitos, qualidades, atitudes positivas e negativas e vai te desapontar.

Muitos tem medo de se decepcionarem ou se machucarem. No amor, não deve haver medo e nem apego. Se você já sentiu isso com uma pessoa, repense se foi amor mesmo.

Ame! Simplesmente ame. Viva esse sentimento diariamente em sua vida!

Jenifer Fernandes

Humanoterapeuta na Lucidez na Alma

Terapias Energéticas e Espirituais

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo